Conheça o Enade: componente curricular obrigatório de todos os cursos de graduação

Terça-Feira - 17/09/2019


Ministério da Educação define anualmente as áreas que serão avaliadas.

Você sabe o que é o Enade? O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de Ensino Superior em relação aos conteúdos previstos nas grades curriculares das graduações. A prova também avalia o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias à prática profissional, bem como o nível de conhecimento desses estudantes com relação à realidade brasileira e mundial.

O Enade é aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 2004 e integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) que, por sua vez, é composto também pela avaliação de cursos de graduação e pela avaliação institucional. Juntas, as avaliações permitem conhecer a qualidade dos cursos e das Instituições de Educação Superior em atuação no Brasil.

Os resultados do Enade, junto com as respostas do Questionário do Estudante, contribuem para o cálculo dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior. Isso significa que o desempenho dos concluintes no exame influencia na visibilidade dos cursos e das instituições de ensino e, consequentemente, na forma como o mercado de trabalho enxerga esses diplomas.

Inscrição de ingressantes e concluintes

A inscrição no Enade é obrigatória tanto para estudantes ingressantes quanto para os concluintes habilitados de cursos de bacharelado e superiores de tecnologia (tecnólogos) vinculados às áreas de avaliação da edição. A situação de regularidade do estudante é registrada no histórico escolar. O aluno é inscrito pela Instituição de Ensino Superior a qual está vinculado.

Componente curricular obrigatório

O Enade é um componente curricular obrigatório de todos os cursos de graduação do país, sendo condição indispensável para a emissão do histórico escolar, assim como para a expedição dos diplomas de graduação no Ensino Superior.

Definição de áreas avaliadas

A definição das áreas que serão avaliadas pelo Enade ocorre anualmente pelo Ministério da Educação, com base na proposta da Comissão de Avaliação da Educação Superior (Conaes), órgão vinculado ao Sinaes. A aplicação da prova para cada área respeita a periodicidade máxima de três anos.

Cursos participantes em 2019

Em 2019, os cursos do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão) que participarão do Enade são: Biomedicina, Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia e Educação Física (Bacharelado). Nessa edição, o Exame também avaliará os cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Produção, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Farmácia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição e Zootecnia.

Também serão avaliados os seguintes cursos que conferem diploma de tecnólogo: Tecnologia em Agronegócio, Tecnologia em Estética e Cosmética, Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão Hospitalar, Tecnologia em Radiologia e Tecnologia em Segurança no Trabalho.

Aluno Unileão não conta com a sorte

Os estudantes da Unileão não precisam contar com a sorte para a realização de exames de avaliação de aprendizado como o Enade, nem para a participação em concursos públicos ou seleções de empresas: eles só jogam para ganhar. Durante a graduação, os alunos do Instituição contam com um acompanhamento pedagógico sistemático e com cursos cuja matriz curricular e as ementas das disciplinas estão alinhadas com as Diretrizes Curriculares Nacionais (Bacharelado e Licenciatura) e com os Catálogos dos Cursos (Tecnológicos).

Prêmio de Mérito Acadêmico Enade Unileão

A Unileão reconhece o valor de quem se dedica aos estudos e faz a diferença por meio do conhecimento obtido no ambiente acadêmico. Por isso, a Instituição irá oferecer bolsas de pós-graduação de 50% e de 100% se a nota global no exame for 4 ou 5, respectivamente. A partir do resultado da nota global, concorrerão às bolsas os alunos que alcançarem notas individuais acima da média Brasil (MB).



Categorias: Notícia |