Médicos veterinários celebram 86 anos de regulamentação profissional

Segunda-Feira - 09/09/2019


Profissão foi regulamentada em 1933, pelo Decreto de Lei Nº 23.133.

Neste dia 9 de setembro é celebrado o Dia do Médico Veterinário, data oficializada em 1933 pelo então Presidente da República Getúlio Vargas, através do Decreto de Lei Nº 23.133, que regularizou a profissão e o ensino da Medicina Veterinária no Brasil. Profissionais desse ramo podem atuar em diversas áreas da saúde animal, atendendo diferentes espécies, e da saúde pública e da família, com o controle de qualidade de alimentos, por exemplo.

O curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão) é pioneiro na região do Cariri cearense e os estudantes da Instituição são capacitados para atuar no avanço da saúde e na promoção do bem-estar de animais, seres humanos e do meio ambiente. Isso ocorre por meio de um ensino de qualidade, voltado para cuidados clínicos, pesquisa, extensão e serviços à comunidade.

Em fase final de construção, o Hospital Veterinário da Unileão irá trabalhar com equipamentos modernos, como por exemplo, da área de imagem e fisioterapia animal. Além disso, o novo espaço também será utilizado como Hospital-Escola pelos discentes do curso, que poderão colocar em prática o que aprendem em sala de aula e ainda ampliar o auxílio dado à comunidade.


Papel do Veterinário

Apesar da Medicina Veterinária ter se tornado popularmente conhecida por conta de clínicas de cachorros e gatos (petshops), o papel do Veterinário vai além disso. Esses profissionais estão ampliando constantemente sua área de atuação e se envolvendo na inspeção de produtos de origem animal, na agricultura e como um médico da família. Este último porque os pets estão cada vez mais inseridos nos lares e na vida dos humanos. Dessa forma, o Veterinário tem um importante valor na orientação dos tutores de animais, indicando como tomar cuidado dos bichinhos, evitando as zoonoses, assim como outras enfermidades que podem reduzir a expectativa de vida dos animais de estimação.

Sistema Agrossilvipastoril

Além do ensino e da pesquisa universitária, os estudantes de Medicina Veterinária da Unileão trabalham com ações de extensão. Um exemplo dessas práticas pode ser visto na implantação do sistema agrossilvipastoril na comunidade Aliança de Misericórdia, da cidade de Barbalha (CE). Esse sistema é derivado da agroecologia e busca uma convivência harmoniosa com a natureza. Na comunidade, os alunos auxiliam na produção local de forma sustentável e nos cuidados com os animais e a vegetação.



Categorias: Medicina Veterinária |