Unileão oferece tratamento a pacientes com asma

Sexta-Feira - 21/06/2019


Tratamento é realizado na Clínica-Escola de Fisioterapia.

O dia 21 de junho é considerado o Dia Nacional de Combate à Asma, data criada para serem divulgadas mais informações sobre a condição, seus sintomas e tratamento. No Centro Universitário Doutor Leão Sampaio (Unileão), a Clínica-Escola de Fisioterapia conta com o setor de Fisioterapia Cardiorrespiratória, especializada no tratamento da patologia.

A asma é uma doença inflamatória crônica caracterizada por hiperresponsividade (HR) das vias aéreas inferiores e por limitação variável ao fluxo aéreo, reversível espontaneamente ou com tratamento. O conhecimento da prevalência da asma teve grande impulso, sobretudo na última década, com o desenvolvimento de dois estudos colaborativos internacionais: o International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC), para crianças e adolescentes, e o European Community Respiratory Health Survey (ECRHS), para adultos.

Sintomas e tratamento

Segundo a última Pesquisa Nacional de Saúde, de 2013, cerca de seis milhões de brasileiros têm o diagnóstico médico da doença. Os sintomas da asma podem variar conforme o nível da crise, mas consistem, principalmente, em tosse persistente à noite ou ao acordar, episódios recorrentes de chiado no peito (sibilância), que poderão ser desencadeados após atividade ou exposição à alérgenos como mofo, ácaros, poeira domiciliar, pelos de animais ou a situações como mudanças repentinas de temperatura, ar seco, predisposição genética e doenças virais.

Para iniciar o tratamento, a principal medida é manter o paciente longe dos fatores de risco, além de terapia medicamentosa realizada por prescrição médica. 

O tratamento deve ser acompanhado por profissionais especializados, como médicos pneumologistas, alergistas, clínicos gerais e os fisioterapeutas respiratórios.

Serviço

Clínica-Escola de Fisioterapia

Telefone: (88) 2101 1015

Endereço: Rua Ricardo Luiz de Andrade, 311, bairro Planalto, Juazeiro do Norte (CE)



Categorias: Fisioterapia | Notícia |